Música

Orquestra Infantil Cenecista Dr. José Ferreira

Orquestra Infantil A Orquestra Infantil foi formada em 2001, por iniciativa da professora Miriam Morel, com o apoio da professora Débora Salum. Inicialmente, ela era composta por 87 alunos que tocavam, entre outros instrumentos, violino, flauta doce, flauta transversal, violão, saxofone, teclado, clarinete, guitarra, contrabaixo, bateria e percussão. Hoje, outros instrumentos foram inseridos na Orquestra, como viola de arco, violoncelo, fagote e harpa celta, sob a regência da arte-educadora Rafaela Lopes. O projeto tem como objetivo despertar, nas crianças, o gosto musical e favorecer o desenvolvimento da sensibilidade, da criatividade e do senso rítmico dos alunos. Pelo poder criador e libertador, as atividades musicais propiciam a expressão de emoções, a aquisição de cultura e contribuem para a formação integral do ser, ampliando, assim, as perspectivas educacionais.


Big Band Cenecista Dr. José Ferreira

Big Band A Big Band é composta por alunos e professores do Departamento de Música do Colégio Cenecista Dr. José Ferreira. Atualmente, os arranjos são de responsabilidade do professor Darci Vieira da Silva, e a regência, do professor Reginaldo de Oliveira Costa. As apresentações têm por objetivo abrir espaço para aprendizados diversificados, com aprimoramento de uma linguagem musical mais complexa, além de propiciar aos alunos a oportunidade de colocar em prática o que aprendem durante as aulas.


Conjunto Cenecista de Flautas Doce de Uberaba

Conjunto de Flauta Doce Criado em 1998 e coordenado pela professora e flautista Débora Salum, o Conjunto de Flautas é constituído por alunos do curso de flauta doce e por professores de música do Colégio Cenecista Dr. José Ferreira. É composto por toda a família da flauta doce: sopranino, soprano, contralto, tenor e baixo. Possui um repertório variado com músicas dos períodos da Renascença e do Barroco e com peças de diferentes compositores da música popular brasileira e internacional. O Conjunto desenvolve grandes projetos, com arranjos a quatro vozes, com acompanhamentos de violão pelo Wilson R. Borges Filho, de percussão e bateria pelos professores Rodrigo Quintino, Luciana Stark e por alunos, contrabaixo elétrico, violoncelo, viola de arco e viola caipira. Alguns projetos realizados pelo Conjunto nos últimos anos:

  • 2003: Renascença e Barroco
  • 2004: Músicas andinas
  • 2005: Beatles
  • 2006: Tributo ao grupo Roupa Nova
  • 2007: Tributo a Milton Nascimento

O Conjunto apresentou-se em vários eventos e recitais, dentro e fora da cidade de Uberaba. Destacam-se as apresentações em Belo Horizonte, Unaí, Canela, Caxias do Sul, Farroupilha, Gramado, Brasília, Taguatinga e Sete Lagoas. Hoje, conta com a participação de 20 flautistas, sendo eles alunos a partir da 3ª série do Ensino Fundamental, os quais tocam com brilhantismo, esse instrumento de grande valor para a musicalidade de nosso Conjunto.


Conjunto Popular de Violões

Conjunto Popular de Violões O Conjunto Popular de Violões Cenecista tornou-se tradicional nas atividades musicais do Colégio Cenecista Dr. José Ferreira e tem como objetivo representar a área de cordas dedilhadas por meio de um repertório composto com clássicos do Rock, MPB, músicas regionais, bem como por meio de músicas internacionais. Criado em 1998, está atualmente sob a coordenação do professor Daniel Amâncio de Souza, juntamente com os monitores Geraldo Magela Jr. e Tiago Cardoso Pimenta. Em sua mais recente formação, conta ainda com alunos de guitarra, de contrabaixo elétrico, de bateria, de percussão e de canto, o que abrilhanta ainda mais o trabalho do grupo. Convém destacar que o conjunto leva a música até asilos, casas de recuperação, shoppings, universidades, teatros e a outras cidades, como Brasília - DF, onde se apresentou durante o Congresso Anual da CNEC.


Grupo de Percussão do Colégio Cenecista Dr. José Ferreira

Grupo de Percussão O Grupo de Percussão do Colégio Cenecista Dr. José Ferreira foi criado em maio de 2001. Atualmente, é composto por 65 percussionistas. Tem como base o batuque africano, manifestação popular afro-brasileira, que teve sua origem na época da escravidão, resgatando também ritmos da cultura brasileira e músicas da MPB. Utiliza instrumentos percussivos de diversos timbres que, aliados aos utilizados tradicionalmente nos grupos de percussão do Brasil, permitem a criação de arranjos com outros ritmos, como samba-reggae, congada e afoxé. Com movimentações cênicas coreografadas, o grupo cria no espetáculo uma dinâmica corporal que vai além dos movimentos necessários para tocar os instrumentos. O Grupo tem como objetivo a percussão, de modo especial, mas não descarta a possibilidade de unir ao ritmo instrumentos não percussivos. Além disso, conta com participações especiais que podem ser de voz, de instrumentos harmônicos e melódicos.


Orquestra Filarmônica Cenecista Dr. José Ferreira

Orquestra Filarmônica Vale ressaltar a integração resultante da iniciativa de se criar uma orquestra na comunidade uberabense e nas diversas comunidades regionais. Destacam-se, entre várias apresentações, as que foram realizadas em Belo Horizonte e em Varginha, Batatais, Caeté, Farroupilha, Canela, Gramado, Brasília, Unaí, Sete Lagoas, Igarapava e Conceição das Alagoas. Atualmente, a Orquestra é composta por 45 instrumentistas e seu repertório abrange músicas eruditas, folclóricas e populares, com arranjos dos professores Darci Vieira da Silva e Eliézer Tiago de Oliveira e regência dos professores Reginaldo de Oliveira Costa e Eliézer Tiago de Oliveira.




Artes Cênicas

Grupo de Teatro Cenecista Gianfrancesco Guarnieri

Grupo de Teatro Nosso grupo de teatro oferece aos alunos aulas de interpretação, de técnicas circenses básicas (acrobacias de solo, perna-de-pau, clown, entre outras) e a oportunidade de participar de peças e apresentações teatrais. O Grupo de Teatro Cenecista Gianfrancesco Guarnieri já produziu grandes peças e musicais como: Cinema em Cena, Cats, A Bela e a Fera, Os Miseráveis, A Noviça Rebelde, Show Opinião, Arena Conta Zumbi, entre outras, com grande participação do público uberabense, recebendo elogios de toda a comunidade. O Grupo é dividido em 3 subgrupos, cujos objetivos são:


Grupo Principal

Grupo de Teatro

  • Reconhecimento e integração com os colegas na elaboração de cenas e na improvisação teatral.* Reconhecimento e exploração do espaço de encenação com os outros participantes do jogo teatral.
  • Interação ator-espectador na criação dramatizada.
  • Observação, apreciação e análise dos trabalhos em teatro realizados pelos outros grupos.
  • Compreensão dos significados expressivos corporais, textuais, visuais e sonoros da criação teatral.

Grupo de Iniciantes

Grupo de Teatro

  • Participação e desenvolvimento nos jogos de atenção, observação, improvisação, etc.
  • Reconhecimento e utilização dos elementos da linguagem dramática: espaço cênico, personagem e ação dramática.
  • Experimentação e articulação entre as expressões corporal, plástica e sonora.
  • Experimentação na improvisação a partir de estímulos diversos (temas, textos dramáticos, poéticos, jornalísticos, etc., objetos, máscaras, situações físicas, imagens e sons).
  • Experimentação na improvisação a partir do estabelecimento de regras para os jogos.

Trupe Circense

Grupo de Teatro

  • Pesquisa, elaboração e utilização de cenário, figurino, maquiagem, adereços, objetos de cena, iluminação e som.
  • Pesquisa, elaboração e utilização de máscaras, de bonecos e de outros modos de apresentação teatral.
  • Seleção e organização dos objetos a serem usados no teatro e da participação de cada um na atividade.
  • Exploração das competências corporais e de criação dramática.
  • Reconhecimento, utilização da expressão e comunicação na criação teatral.