A palavra fractal, criada por Benoit Mandelbrot em 1975, é originária do latim, do adjetivo fractus, cujo verbo correspondente frangere significa fragmentar, quebrar. Os fractais podem apresentar uma infinidade de formas diferentes, não existindo uma definição consensual. Contudo, muitos conjuntos considerados fractais têm alguma forma de autossemelhança, ou seja, possuem partes que são réplicas (em escalas menores) da sua própria figura. Muitos fenômenos e formas irregulares, como nuvens, montanhas, turbulências, árvores, crescimento de populações, vasos sanguíneos, entre outros na natureza, podem ser estudados e descritos utilizando modelos com estruturas fractais e teoria da geometria fractal.

Fractal Eletricidade

Fractal na Natureza

Conjunto de MandelbrotConjunto de Mandelbrot